A Palestra pode ser um poderoso recurso estratégico e dominar a oratória não é mais de interesse apenas de pessoas públicas ou palestrantes profissionais. Em diversas situações cotidianas, como no trabalho, uma boa apresentação faz a diferença na hora de impulsionar a carreira, pois sabendo se expressar melhor, você angaria mais clientes para um negócio ou permite transmitir a sua mensagem de forma clara para que seu público “compre” a sua ideia.

O poder da Oratória

Oratória pode ser definida como a arte da eloquência. Arte como sendo uma habilidade, uma maneira de agir, um talento que se expressa. Eloquência é, por sua vez, o talento de exaltar e de convencer. Por meio da fala, o orador irá encantar os ouvintes, construindo uma relação de troca, permeada pelo conhecimento, pela expressividade, pela objetividade e clareza.

Este poderoso recurso estratégico que é o falar bem, é construído com planejamento, dedicação, estudo, treino, foco e prática.

A premissa inicial para o domínio da oratória é ter claro para si a resposta ao questionamento: qual meu objetivo? É fundamental na Palestra saber aonde se quer chegar, definindo onde e como se almeja conduzir o ouvinte, conhecendo e entendendo o contexto da situação. É nesta hora que saber roteirizar o que vai se falar faz toda a diferença.

Partindo da resposta objetiva e clara deste questionamento, o orador deve construir a sua palestra baseado na ideia central da fala, identificando as dores, desejos do seu público, expondo ideias e conceitos sobre o tema, citando exemplos e sugerindo possíveis soluções, é nesta hora que o poder das palavras ganham direcionamento.

As técnicas de oratória

Com a roteirização pronta é hora de usar das técnicas da oratória, saber se movimentar de forma elegante, ter uma conexão através do contato visual, uma variação vocal dando ênfases nas palavras que reforçam a mensagem e expressar toda a sua naturalidade sem se perder nas técnicas.

 

A falta de um preparo na hora de falar, pode colocar em risco a sua imagem, sua reputação, criar mal estar com os ouvintes, desinteresse sobre o tema abordado. A Plateia se torna reativa quando ela percebe que não ouve um preparo por parte do orador. Para que você não passe por este constrangimento e atinja seu objetivo final, que é encantar seus ouvintes, tenha claro que é necessário ter um planejamento do que vou falar, para quem vou falar e como vou falar,  assim você irá  atingir o seu objetivo e o da sua plateia. 

Para você que quer dominar esta arte de falar em público, bem como, dominar a arte de encantar pessoas através dos seus conhecimentos e experiências de vida, é recomendo buscar cursos voltados para a parte da comunicação, cursos de roteirizar ideias, etc. E lembre-se, falar com maestria requer muito treino e conhecimento técnico, quer aprender? Comece!

Edmar Oneda – CEO e Fundador – Academia do Palestrante / IDHEO

Deixe uma resposta

Fechar Menu